Estagiários fazendo a diferença no Camping

Dentro de sua proposta de atrair para o ambiente do Parque os anseios de comunidades, organizações e escolas, o Camping amplia agora as relações no âmbito acadêmico servindo de base para estágios curriculares de nível superior.

Neste mês, acolhemos e orientamos 3 estagiários em nossas áreas de acampamento e contíguas, atuando em frentes de pesquisa e trabalho sincronizadas com as agendas da equipe de campo.

Leandro, Jordi e Rafael aprimoram seus estudos e contribuem com a gestão agroecológica do Camping
Leandro, Jordi e Rafael aprimoram seus estudos e contribuem com a gestão agroecológica do Camping

Do Instituto Federal Catarinense (IFC/Campus Rio do Sul) vieram os jovens Jordi Arnon Tonet e Leandro Medeiros, ambos com 16 anos. Tonet cursa o Técnico em Agroecologia, enquanto Medeiros o Técnico em Agropecuária, e no Camping ambos desenvolvem experimentos em compostagem, agroflorestas, bioconstrução e saneamento ecológico. “A atuação é bem dinâmica, orientada por projetos construídos com a equipe técnica do Cepagro e com as temáticas agronômica e ambiental bem fortes,” relata Leandro sobre a experiência. Já entrando na quarta semana de trabalhos, os rapazes puderam passar adiante seus ensinamentos através de uma oficina de Hortas Suspensas, que ajudaram a ministrar compondo a programação semanal do Camping.

A oficina de Hortas Suspensas, auxiliada pelos estágiarios, contou com diversos participantes
A oficina de Hortas Suspensas, auxiliada pelos estágiarios, contou com diversos participantes

Lá das Minas Gerais, mais precisamente de Uberaba, recebemos Rafael Castelfranchi, acadêmico da 8a. Fase de Engenharia Ambiental da UFTM. Com foco na atuação em compostagem, ele divide sua experiência entre as práticas na Revolução dos Baldinhos e os programas de gestão de resíduos orgânicos do Camping e do SESC. Juntos, os 3 estagiários realizam contrapartidas de grande relevância teórica e prática à gestão agroecológica que desempenhamos nesta área de Unidade de Conservação, além de abrir o caminho para que possamos acolher outras interações com o mesmo propósito, para as quais estamos permanentemente abertos.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s